sexta-feira, 30 de julho de 2010

Vida



Há momentos na vida em que sentimos tanto a falta de alguém que o que o que mais queremos é tirar esta pessoa de nossos sonhos e abraçá-la. Sonhe com aquilo que você quiser. Vá para onde você queira ir. Seja o que você quer ser, porque você possui apenas uma vida e nela só temos uma chance de fazer aquilo que queremos. Tenha felicidade bastante para fazê-la doce. Dificuldades para fazê-la forte. Tristeza para fazê-la humana. E esperança suficiente para fazê-la feliz. As pessoas mais felizes não têm as melhores coisas. Elas sabem fazer o melhor das oportunidades que aparecem em seus caminhos. A felicidade aparece para aqueles que choram. Para aqueles que se machucam. Para aqueles que buscam e tentam sempre. E para aqueles que reconhecem a importância das pessoas que passam por suas vidas. O futuro mais brilhante é baseado num passado intensamente vivido. Você só terá sucesso na vida quando perdoar os erros e as decepções do passado. A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar, duram um a eternidade...






quinta-feira, 29 de julho de 2010

Hoje o dia é todo dela!!!


Para os amigos especiais, um dia de homenagem é pouco, diante de tantos acontecimentos maravilhosos que merece.Hoje o capítulo da vida é todo seu, você é a personagem principal e irá brilhar de acordo com a beleza que emana do seu coração.
Mais um ano de vida, cheio de realizações, cheio de acontecimentos, eu poderia discorrer sobre alguns mas prefiro falar de você... falar de nós... contar um pouquinho da sua história para que todos saibam como é grande o meu amor e minha admiração por você...


A Fabi é casada, tem dois filhos maravilhosos que em insisto em dizer que são um pouquinho meus também, e ela já nem sente ciúmes (ufa)!!!

A Fabi é minha tia, é irmã da minha mãe, mas quando ela tinha 12 anos veio morar conosco, porque meu irmão tinha uns probleminhas e precisa de um pouco mais de atenção, e por isso com 12 anos uma criança ainda ela deixou o pai e a mãe a mais de 400 km para vir ajudar a cuidar dos sobrinhos...

Ela morou lá em casa até o dia do seu casamento, e nós realmente fomos criadas como irmãs, dividíamos o mesmo quarto e os segredos, os sonhos, as lágrimas, e claro brigávamos muuuito, ela até me contou a alguns dias que eu a mandei ir embora em uma briga... fiquei triste com isso e juro que não lembro, mas se o fiz peço desculpas... Fabiiii me perdoa??? =)...

Enfim, ela se casou, teve sua primeira filha, Camila, eu fui madrinha de batizado, que orgulho!!! Alguns anos depois teve o Matheus, que é meu afilhado torto, porque como a Camila me chama de Madrinha ele chama também, e eu ME acho!!!

Nós temos um ótimo relacionamento, ela é muito mais que uma tia, é uma super irmã, hoje nos falamos praticamente todos os dias e sobre todos os assuntos, não moramos na mesma cidade e eu agradeço a existência do MSN, porque ele torna nosso contato mais fácil... Faaaabi eu rezo pra sua janelinha subir!!!

Fabi, eu quero q saiba q t amo d todo meu coração, quero t agradecer por cuidar de mim e do Ro, por estar sempre disposta a me escutar, por me aconselhar e me acalmar e principalmente por dividir sua vida e sua família comigo!!

Quero que saiba que te admiro muito, e que tenho orgulho da pessoa maravilhosa que se tornou, que amo a família que você formou, que sou louca pelos seus filhos!!! E que quero ter filhos iguaiszinhos aos seus, e que desejo do fundo do meu coração ter-te sempre bem pertinho de mim, porque vc deixa os meus dias muitos mais felizes!!!

Hoje é seu aniversário mas o maior presente é meu... VOCÊ!!! Te desejo toda felicidade do mundo hoje e sempre, desejo que todos seus sonhos se realizem, e que você possa comemorar essa data muitos anos!!! ;)

Agradeço diariamente a Deus pela sua vida e rogo para que ele te abençoe eternamente, que te ilumine e guie seus passos, e que Maria esteja sempre a sua frente, te conduzindo e amparando!!!

FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Beijos com muito amor...

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Caso Joanna Marins: a segurança da infância no CTI




Soares Júnior Soares Júnior 24/07/2010 19h30


No dia 26 de maio, Joanna sentou no colo de Cristiane e mexeu num cordão que a mãe tinha no pescoço. Nele, havia as fotos dos três filhos. A criança pegou a sua, colocou para trás e disse à mãe: "agora você só tem dois filhos". Cristiane e Joanna se abraçaram, a mãe negou com veemência a ideia da criança e ela partiu.

Logo depois, acompanhada pelo padrasto, Joanna Cardoso Marcenal Marins foi entregue ao pai, André Rodrigues Marins, na 5ª Vara de Família da Comarca de Nova Iguaçu. No laudo assinado por Cristina Segheto Rodrigues, responsável pelo expediente naquela data, Joanna aparentava estar bem cuidada e trouxera seus pertences pessoais.

Cerca de dois meses depois, a menina de 5 anos trava uma luta pela vida no CTI de uma clínica infantil, em Botafogo, Zona Sul do Rio. Joanna está em coma, respirando com auxílio de aparelhos. Os médicos chegaram a divulgar que ela tivera morte cerebral. No entanto, o diagnóstico não se confirmou. A tia materna disse: "A bichinha é forte, a situação é muito grave. São uns 400 degraus para subir, ela subiu dois, mas subiu".

A menina tem um edema extenso na cabeça, o que é o grande obstáculo que enfrenta para sair do coma. Ela tem marcas de queimadura nas nádegas e perto das axilas, além de um corte no pé. A polícia acredita que Joanna foi vítima de maus tratos.

Os pais da menina se conheceram no começo dos anos 2000 na Igreja Batista do Recreio, que frequentavam. Namoravam há cerca de um ano, quando Cristiane descobriu que estava grávida. Logo depois, o relacionamento acabou.

Joanna nasceu em 20 de outubro de 2004. Logo depois a mãe entrou com um pedido de pensão e visitação na 1ª Vara de Família de Nova Iguaçu. De acordo com a decisão, André poderia visitar Joanna aos sábados de 9 às 11h. No primeiro ano, ele cumpriu o acordo. Mas depois ele ficou um ano sem dar notícias. Parentes de Cristiane contam que a família sempre ficava na expectativa se ele entraria em contato em alguma data como Dia dos Pais ou Natal.

André Marins reapareceu em 2006 e fez visitas regulares à filha. No entanto, em outubro de 2007, um problema aconteceu. Após uma saída com o pai, Joanna apresentou hematomas e um arranhão nas costas. Cristiane levou a menina ao Instituto Médico Legal de Nova Iguaçu e a delegacia da cidade abriu uma investigação, mas nada aconteceu.

Depois se seguiu mais um período de ausência do pai até dezembro de 2009, isto é, pouco mais de dois anos. Quando reapareceu, André estava com a polícia e foi ao prédio de Cristiane. Os porteiros avisaram que ela estava viajando.

Em janeiro de 2010, Cristiane foi chamada ao Fórum de Nova Iguaçu. Ela foi ouvida por uma psicóloga. Durante a sessão, Cristiane diz ter sido mal tratada pela psicóloga.

Como forma de se resguardar, ela prestou queixa na Corregedoria do Fórum de Nova Iguaçu. Pelo lado materno apenas Cristiane foi ouvida, enquanto pelo lado de André foram ouvidos ele próprio, a atual mulher, o pai e a mãe dele.Nesse laudo, é sugerida a reversão da guarda.

Enquanto se travava esta disputa, Cristiane se mudou para Campos do Jordão. Mandou um telegrama para avisar ao pai, no entanto a mensagem voltou e ela fez constar do processo que tentara comunicar a mudança. Entre março e abril, André esteve duas vezes na cidade paulista e viu a filha.

Em maio, a Justiça do Rio reverteu a guarda de Joanna, sem a visitação da mãe por causa da síndrome de alienação parental, quando um dos progenitores induz a criança a perder contato e não reconhecer o outro. A reversão da guarda foi concedida em meio ao ano escolar, quando a menina estava em processo de alfabetização.

Chegamos então a julho de 2010. Uma pessoa que se identificou como amiga de André ligou para um dos hospitais de Campos do Jordão, onde Cristiane Marcenal Ferraz atua como cardiologista. A pessoa disse que Joanna estava mal e que a médica deveria ver a filha.

Cristiane falou com o pai da menina que disse: "sua filha está morrendo, venha". Ao chegar na clínica, no Rio, André não estava. Presentes no local o pai dele, a tia, a promotora Maria Helena Rodrigues Biscaia, que, de acordo com os parentes maternos de Joanna, é mulher do deputado federal Antonio Carlos Biscaia.

Desde então há um plantão de amigos na frente do hospital. André esteve no primeiro dia e quando tentou voltar foi rechaçado pelos parentes maternos da menina. Não mais voltou. A juíza da 5ª Vara de Família de Nova Iguaçu, Cláudia Nascimento Vieira, devolveu a guarda de Joana à mãe.

Cristiane não sai do hospital. A todos que vão visitar a filha ela pede orações. Se mostra forte, mas quando chega alguém mais próximo, desaba. Depois recobra o espírito e segue na sua vigília.

Há muitas perguntas a serem respondidas nesta história. Por exemplo, o motivo para os longos períodos de ausência de André Rodrigues Marins. Mesmo assim o serventuário da Justiça do Rio conseguiu a reversão da guarda da criança. Que motivos tão contundentes teriam sido apresentados para a decisão da Justiça pela concessão da guarda ao pai? Que fim levou a investigação sobre as possíveis agressões que Joana sofrera em 2007?

Vale ressaltar que as suspeitas começaram quase três anos antes de Joanna travar esta guerra incerta pela vida. A sociedade, a família e a Justiça precisam se conscientizar da importância de assegurar o direito à vida do menor e interpretar corretamente sinais que podem anteceder uma tragédia.


Site: http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:xLfBormHKMQJ:www.sidneyrezende.com/noticia/95072%2Bcaso%2Bjoanna%2Bmarins%2Ba%2Bseguranca%2Bda%2Binfancia%2Bno%2Bcti+Joanna+Cardoso+Marcenal+Marins&cd=4&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br



Eu havia pensado que não iria tomar partido, porque sinceramente não torço pela mãe ou pelo pai, eu torço pela CRIANÇA!!!

Eu torço para que ela fique boa logo, mas não pra dizer o que foi que ocorreu, afinal a inocente criança já sofreu mais do que devia, eu torço para que ela recupere a saúde física e mental, porque forte ela está nos mostrando que é, e principalmente torço para que ela tenha tempo e encontre muito amor na sua vida para recuperar o coração e a alma dos maus tratos que sofreu, independente de quem quer que os tenha causado, porque toda criança tem o direito de ter amor, e esperá-lo dos pais é o mínimo que se pode querer.


Mudei de idéia quando vi um comentário no post abaixo, e pasmem um comentário com perfil bloqueado... no momento apenas respondi, mas não consegui desligar do assunto, assim que tive tempo vim pra net pesquisar e as noticias sobre o caso são inúmeras, esse texto acima é um deles...

O que mais me espanta no caso é que estamos falando da filha de uma médica e de um advogado, duas pessoas bem instruídas e aparentemente de um nível social alto, o que me fez recordar o caso de uma outra menina que segundo o julgamento judicial foi jogada da janela do apartamento do pai e da madrasta, por ambos, em uma noite em que o mesmo tinha direito de estar com ela, lembram disso??? Nossa!!! O pai nega até hoje os fatos!!!


Voltando ao nosso caso... depois de tantas informações retidas:

- a mãe diz que a menor sofreu maus-tratos e que o pai é o culpado!

- o pai alega que a menor tem problemas convulsivos e a mãe sonegou a informação!

Primeiramente quem conhece a justiça no Brasil sabe que algumas vezes as coisas não são como deveriam... no entanto uma mãe conseguir impedir um pai do direito de visita é praticamente impossível se ele realmente quiser o fazê-lo, na minha opinião sendo o pai advogado isso torna-se ainda mais difícil!!!

Segundo ponto controverso, o pai consegue reverte a guarda, e a mãe realmente sonega a informação de que a filha convulsiona... com 2, 3 ou 4 crises a criança ou qualquer um que convulsiona não fica cheio de hematomas e muito menos com queimaduras no corpo, e principalmente qualquer pai por menos zeloso que seja ligaria para a mãe e questionaria, qual remédio era tomado?? qual médico acompanha?? principalmente sendo a mãe médica!

E convenhamos, qualquer pai zeloso levaria seu filho ao pronto socorro, ou a um médico especializado na primeira convulsão, e se não quisesse dar o braço a torcer e ligar para a mãe, procuraria a opinião de outros médicos sobre o quadro clinico da filha e não esperaria a mesma entrar em coma para procurar auxilio médico competente!

Pra encerrar o assunto, como advogado o pai deve saber que estando ele na guarda da filha, tudo que acontecer a mesma é responsabilidade dele... a imprudência, a negligencia ou imperícia é dele, como o texto extraído da net diz há muitas perguntas a serem respondidas e uma delas seria, quanto tempo a menor Joanna sofreu até receber atendimento médico???

Pronto falei... tomei partido... e se alguém não concorda com minha opinião fique a vontade para usar os comentários, mas por favor tenha ao menos a mesma coragem que eu tive e dê sua cara a tapa como eu estou dando a minha!!!

Se quer defender alguém o faça de corpo e alma!!!

Pra encerrar, o cometário que a Ly fez no post abaixo, se trata do despacho judicial no processo de guarda da menor Joanna...

...DEFIRO as medidas protetivas de não aproximação com a menor JOANNA CARDOSO MARCENAL MARINS e, por cautela, extensivo à sua mãe CRISTIANE CARDOSO MARCENAL, pela distância mínima de 100 (cem) metros e proibição de constato por qualquer meio de comunicação. A presente medida protetiva terá eficácia até ulterior decisão da Vara de Família. Expeçam-se IMEDIATAMENTE as diligências necessárias ao fiel cumprimento da presente decisão, fazendo-se constar que o não cumprimento poderá ensejar sanções de natureza cível e criminal, inclusive, sua prisão, conforme preceitua o artigo 20 da Lei 11.340/06, podendo o Senhor Oficial de Justiça utilizar-se das prerrogativas conferidas pelo artigo 172, parágrafo 2º, do Código de Processo Civil. Cumprido e certificado, ciência ao Ministério Público. Nova Iguaçu, 22 de julho de 2010. OCTAVIO CHAGAS DE ARAÚJO TEIXEIRA.


Querida Joanna incluo vc em minhas orações, e tenho certeza que logo, logo vc vai sair dessa... Deus te abençõe!!!

...dia 26 de julho... um upa bem especial!!!



Vovô e Vovó!



Eternas figuras humanas que hoje,
queremos homenagear contemplando com carinho,
os cabelos brancos, o profundo olhar,
as rugas na fronte e na face, sinais da experiência
e memória de tantos anos vividos.
Que bom poder formar uma roda para ouvir com atenção, os sábios conselhos,
as palavras fartas, indicadoras de novos horizontes em nossa vida.
Queremos tocar e sentir a energia, que suas abençoadas mãos transmiteme
hoje, embora trêmulas, ainda semeiam os frutos da experiência de vida.
Permita-nos, neste momento especial, acompanhar com ternura seus
passos lentos, algumas vezes trôpegos, mas cheios da sabedoria que a vida lhes ensinou.
Queremos abraçá-los e também aplaudi-los, com muita emoção e ternura,
pedindo a Deus que os abençoe e lhes conserve a saúde.
A esperança nos leva a crer que outros dias lindos acontecerão, pois vocês
são frutos da mais bela obra que Deus colocou na nossa história.

Autor: Desconhecido
Esses são amores em minha vida... na primeira foto meus avós maternos, na família chamados de nonos (nono e nona) e na segunda minha avó paterna (vó mesmo!)... não são lindos?? Tenho ótimas recordações... minha Vó cuidava de mim para minha mãe ir trabalhar... ela era costureira, fazia bonecas de pano, e roupinhas pra elas... deixava eu brincar com os sapatos, roupas e maquiagem das minhas tias, passei boa parte da minha infância com ela... e as férias era na casa da Nona que eu me divertia...

A essas pessoas tão importantes na minha vida, dedico todo meu amor... e toda minha admiração!!! Q Deus os abençõe abundantementem!!! Amo vcs!!!


PS.: a eu queria postar uma foto da Fabi com o Nono e a Nona, mas são pais e não avós então fico devendo... ;)... os avós amados dela, e meus bisavós já estão cuidando de nós la do céu, mas permanecem muito vivos em nossos corações!!!

Menina de 5 anos é internada com sinais de tortura, "pai" é suspeito.


"A menina Joanna Cardoso Marcenal Marins, de 5 anos, está internada no CTI do Hospital Amiu, em Botafogo, desde segunda-feira, com morte cerebral e apresentando hematomas nas pernas e sinais, aparentemente, de queimaduras nas nádegas e no tórax. Mãe da criança, a médica Cristiane Cardoso Marcenal Ferraz acusa o pai da menina, o advogado André Rodrigues Marins, que tem a guarda de Joanna, de maus tratos. Ele nega e atribui os ferimentos a sucessivas crises de convulsão. O Conselho Tutelar está acompanhando o caso."
Fonte: O Globo.


Meninas, estou um pouco afastada do blog por conta de um problema de saúde e isso que aconteceu mexeu ainda mais comigo.

A Cris, mãe da Joanna, é minha amiga de infância, e vem travando uma batalha judicial pela guarda da filha desde 2004, mas em Maio, o "pai" ganhou a guarda, mesmo já tendo sido informado à Juíza, que a menina sofria maus-tratos por parte do "pai".
Além de perder a guarda da filha por 90 dias, ainda houve uma determinação mais injusta e insana ainda, onde a Cris deveria ficar sem se comunicar com a filha nesse período, mas semana passada, ao chegar nos 50 dias, que estava com o "pai," Joanna foi internada nesse estado que vocês podem conferir em diversos sites, com muitos hematomas, em coma, com queimaduras horríveis, e muito magra.
O "pai", acusa a Cris de não ter informado que a filha sofria de problemas neurológicos, mas ela nem podia dar essa informação, porque a menina NUNCA TEVE nenhum problema neurológico, o que será comprovado pelos médicos que sempre a atenderam. A primeira convulsão dela aconteceu sob a guarda dele, sabe Deus por qual motivo.


A morte cerebral que havia sido atestada, foi descartada (graças à Deus), o estado da Joanna ainda é muito grave, mas eu creio num milagre, e por isso peço à todas vocês que peçam muito à Deus pela vida da Joanna.


Não quero entrar no mérito se o "pai" é culpado ou não, mas espero que a Justiça faça realmente Justiça, e sempre coloque na cadeia MONSTROS responsáveis por fazer tanta crueldade com uma criança.
O que posso atestar pra vocês, sem nenhuma sombra de dúvida, é que a Cris sempre foi uma mãe MARAVILHOSA, zelosa e apaixonada pela filha, e não vou admitir que tentem denegrir a imagem de uma mãe que está sofrendo demais com tudo isso. Ver a filha nesse estado e não ter podido impedir que isso acontecesse por ter sido PROIBIDA pela "Justiça" de zelar pelo bem estar de sua filha.


Que moral esse "pai" que não soube cuidar da filha num período de 50 dias, tem para tentar manchar a imagem de uma mãe que sempre cuidou da filha com maior zelo e amor?


Pelo menos a Juíza reconheceu o tamanho do equívoco (se é que podemos chamar assim) que cometeu, e devolveu a guarda da filha para a Cris, porque em todos esses anos que a filha ficou com a mãe, foi a criança mais bem cuidada do mundo!


Queria pedir à todas vocês que leram essa matéria, que compartilhassem no facebook, twitter, orkut, as blogueiras que puderem me ajudar à divulgar, também agradeço muito.
Vamos espalhar essa notícia, para não deixar cair no esquecimento, porque infelizmente com a impunidade que reina no nosso País, a justiça ainda anda um pouquinho mais rápido quando pressionada.



Enquanto isso, peço que continuem pedindo à Deus pela vida da Joanna.Vamos fazer uma enorme corrente em prol da vida dessa princesa!

Beijo enorme.



Post copiado integralmente do blog *Design My life*...

Nós por Nós é solidário a todas as crianças... Justiça seja feita!!!

Joanna estamos rezando pela sua recuperação... fé e coragem a todos os familiares!!!

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Canção das mulheres


Por Lya Luft


Que o outro saiba quando estou com medo, e me tome nos braços sem fazer perguntas demais.

Que o outro note quando preciso de silêncio e não vá embora batendo a porta, mas entenda que
não o amarei menos porque estou quieta.

Que o outro aceite que me preocupo com ele e não se irrite com minha solicitude, e se
ela for excessiva saiba me dizer isso com delicadeza ou bom humor.

Que o outro perceba minha fragilidade e não ria de mim, nem se aproveite disso.

Que se eu faço uma bobagem o outro goste um pouco mais de mim, porque também preciso poder fazer tolices tantas vezes.

Que se estou apenas cansada o outro não pense logo que estou nervosa, ou doente, ou agressiva,
nem diga que reclamo demais.

Que o outro sinta quanto me dóia idéia da perda, e ouse ficar comigo um pouco - em lugar de
voltar logo à sua vida.

Que se estou numa fase ruim o outro seja meu cúmplice, mas sem fazer alarde nem dizendo
''Olha que estou tendo muita paciência com você!''

Que quando sem querer eu digo uma coisa bem inadequada diante de mais pessoas, o outro
não me exponha nem me ridicularize.

Que se eventualmente perco a paciência, perco a graça e perco a compostura, o outro ainda
assim me ache linda e me admire.

Que o outro não me considere sempre disponível, sempre necessariamente compreensiva,
mas me aceite quando não estou podendo ser nada disso.

Que, finalmente, o outro entenda que mesmo se às vezes me esforço, não sou, nem devo ser,
a mulher-maravilha, mas apenas uma pessoa: vulnerável e forte, incapaz e gloriosa, assustada
e audaciosa - uma mulher.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Help me!?!?!




A algum tempo atrás, mais ou menos um mês, resolvi que tinha que mudar o e-mail que uso aqui no blog por uma série de motivos, ai criei uma conta no gmail, e outra no hotmail, ou seja criei mais duas contas além da que já uso, quando ia de fato fazer a alteração percebi se iria excluir todos os meus posts, e simplesmente desisti da idéia...

No entanto me restou um problema... a conta que o Google dá preferência é a do gmail, que eu já consegui excluir, mas agora ela remete tudo pra conta do Hotmail nova, porque uma indica a outra, é o tal de email alternativo... e a do Hotmail não consigo excluir por nada, e agora toda vez que quero seguir um blog aparece os emails que criei e não quero usar... isso ta me dando uma dor de cabeça, será que alguém ai pode me ajudar???

No Hotmail diz que após 270 dias sem acessar a conta ela será excluída automaticamente, mas isso são 09 meses, socorroooo!!!

Se alguém já tiver passado por isso e puder me ajudar agradeço!!!

quarta-feira, 21 de julho de 2010

...mais uma alegria na minha vida!!!

Para os católicos o sacramento do batismo, instituído por Jesus Cristo, nos concede a graça de termos a presença de Deus no nosso coração e nos liberta de todos os pecados, é o inicio de uma vida cristã.
O batizado é uma celebração muito bonita que comove todos os que dela participam, pois ali está sendo concedido o primeiro sacramento da vida daquela criança. Para os pais o dia do batizado deve ser um dia muito esperado. Tudo começa a ser organizado logo após o nascimento do bebê. Muitos detalhes devem ser decididos dentre eles os padrinhos, é muito importante que o padrinho e a madrinha sejam cristãos, dispostos a guiar os passos do seu afilhado seguindo os ensinamentos de Deus, educando-o na fé cristã.

Eu sou madrinha de batizado da Camila, filha da Fabi, nossa eu fiquei toda emocionada, hoje ela já tem 11 anos, uma mocinha linda, que eu amo de paixão.

Mocinha linda né???

Nesse domingo dia 18/07 fui madrinha pela segunda vez do Rafael, filho da Léia e do Jair, a emoção foi a mesma. E o nosso amor já pode ser sentido!!!

Pra mim ser madrinha é motivo de muito orgulho, quer dizer que represento para os pais confiança, e espero do fundo do meu coração não decepcioná-los.

Fico devendo fotos do batizado do Rafa, madrinha desnaturada, esqueci a câmera e a mamãe dele prometeu que até o fim de semana me manda as que tiramos e ai posto aqui pra vocês... enquanto isso tem as fotos dele recém nascido!!!

Não é uma fofura??? Rafa a madrinha t amaaaa!!!


Com toda certeza mais uma alegria na minha vida!!! Ah... e eu não sou babona não tá?? É só impressão de vcs!!! ;)

terça-feira, 20 de julho de 2010

...hoje é dia do amigo!!!



"A grandeza da Amizade está em poder ouvir o outro, sentar para dialogar nem que seja um papo qualquer, saber estar perto quando a pessoa não consegue se encontrar, poder perceber que as pessoas precisam da gente quando menos imaginamos. Amigos caminham com a gente ainda que seja em pensamento, levando na sua ternura a doçura de um olhar que acalenta, encontra, busca, traz, eleva, confia..."

Mais sobre nossos amigos!!! Clica aqui!!!

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Sim limites são necessários!

Por Sonia das Graças Oliveira Silva


Muitas vezes, impor limites é uma questão de bom senso. Na relação pais e filhos é vital que se tenha o diálogo, a compreensão e o amor. Por vezes, a indisciplina, o grito, o choro, são sinais, são pedidos de ajuda, são pedidos de limites por parte das crianças. Quando os pais cedem e não percebem, eles praticamente deixam as crianças sem parâmetros para a vida.
Existem famílias que dão tanta liberdade para os filhos que mais parece abandono. Não demonstram preocupação, nem tentam corrigi-los nos erros ou ajudá-los em seus problemas. Essa autonomia dada pelos pais aos filhos deve ser observada. A educação da atualidade fez com que pais se tornassem muito modernos e desaprendessem de dizer não. A liberdade excessiva produz adultos sem noção de limites e responsabilidades.
As noções de educação dos filhos passaram por grandes mudanças, desde quando o pai, senhor absoluto da casa fazia com que os filhos o respeitassem e obedecessem, não sendo possível por parte dele nenhum gesto de carinho aos filhos. Os anos 90 trouxeram pais que procuravam encontrar um ponto de equilíbrio entre aquela autoridade opressiva e a noção de liberdade sem fronteiras que a sucedeu.
Educar implica batalhas. E há que se pensar em para que e como se educar. É preciso ter clareza quando for dizer não. Os pais não podem abrir mão de sua autoridade de pais ao educar e nem devem ter medo ao enfrentar o filho em seus momentos de raiva.
A educação com baixos limites tem causado resultados desastrosos. Segundo o Psicólogo Armando Correa de Siqueira Neto, alguns pontos-chave são destacados no processo de educação como, o sacrifício. A tarefa da educação requer sacrifícios como o da paciência, perseverança e firmeza. No dia-a-dia é que se constrói a educação, portanto, a sua manutenção persistente é fundamental. A constância permite um resultado bem melhor.
Consciência e vontade na educação dos filhos são fundamentais. Atitudes como deixar que os filhos decidam sozinhos sobre suas vidas e seus afazeres é fugir das responsabilidades de pais e de educadores e não é educar. Educação envolve erros e acertos. Tão errado como abandonar os filhos é achar que eles devem seguir à risca tudo que foi idealizado pelos pais. Não existe uma receita infalível que transforma filhos em adultos felizes e bem sucedidos.
Educar envolve a consciência. O pais precisam se questionar se estão educando para a auto confiança e auto-estima dos filhos. Precisam ter clareza mental, ter equilíbrio, o que levará a harmonia, serenidade, flexibilidade e espontaneidade.

Aqui em casa o não sempre esteve presente, claro que é difícil contrariar as vontades de alguém que amamos e agüentar sua birra, seu choro, seu desamor, é complicado sim mas absolutamente necessário, as crianças precisam entender que é preciso respeitar e tbm confiar em alguém, falamos não sim e sem volta, mas tbm quando prometemos algo cumprimos.

Sempre me preocupei em não repetir o autoritarismo dos meus pais, sou exigente sim, mas tbm converso, dou carinho, mostro o quanto eles são amados, quando falo não argumento explico o pq, e assim tem funcionando, posso dizer que eles são crianças fáceis de negociar, carinhosas e compreensivas a maioria das vezes.

Agora com uma filha entrando na adolescência muitas vezes me pego pensando em como agir, já que os questionamentos e argumentação são cada vez maiores, essa fase é bem difícil acho que pra ambos, sei que não existe receita pronta, e o primeiro passo acredito eu que é conhecer bem seu filho estar ao lado dele se mostrar amigo, é preciso cuidar. Liberdade vigiada, com limites e responsabilidades é ótima para que eles creçam, mesmo porque confiança é uma coisa que se adquire com atitudes e essa conquista os filhos precisam fazer, então precisamos dar espaço para isso.



sexta-feira, 16 de julho de 2010

Hoje o dia é todo dela!!!!



Hoje o dia é especial, é seu aniversário, mais um ano se passou, um ano de conquistas, mtas alegrias e algumas tristezas, mais um ano em que você esteve ao meu lado em todos os momentos, muitas vezes os papéis se invertem e é você quem me da colo, carinho, conselhos. Procurei tanto por palavras para te parabenizar neste dia, mas parece que nada poderia descrever o tamanho da nossa admiração e orgulho que sentimos por você ter se tornado essa pessoa linda e iluminada com o coração maior do mundo...

Não encontro melhor maneira para te homenagear do que agradecendo, por você ser este alguém tão especial, agradeço a Deus o privilégio de neste lindo dia, amanhecer celebrando tua existência, pois sua "amizade" significa mais do que as palavras possam dizer, nossos laços vão além dos de sangue, somos irmãs de alma.

Que DEUS te abençoe minha querida, com paz, saúde e alegria; e, mesmo nos momentos mais difíceis e inevitáveis, você possa contar com ELE que é o verdadeiro amigo de todas as horas, e se os degraus da vida tiverem difíceis de subir, segura na mão dele que com certeza, encontrarás forças necessárias para prosseguir.

E quando precisar do meu apoio, nem preciso dizer que estou sempre pronta a te ajudar.



Desejamos um FELIZ ANIVERSÁRIO, para quem faz de nossos dias, especiais com sua EXISTÊNCIA: VOCÊ!


Um grande abraço com todo carinho e admiração.



Fabi, Mau, Mila e Matheus.


quinta-feira, 15 de julho de 2010

Como resistir as tentações do consumo?


Se você se considera uma consumista ao extremo e como eu está querendo se livrar disso e partir para uma vida nova sem perdr o sono por conta da fatura do cartão de crédito aí vão algumas dicas preciosas.


Meninas, atirem a primeira pedra aquele que nunca foi seduzido ou encantado por algo que não era esperado - desde uma nova cor de batom, um perfume ou uma blusa maravilhosa - pois se uma coisa é do ser humano é a vontade de ter, possuir e quando se trata de mulher muito mais.
Sabendo disso, comece agora perdoando a si mesmo ou mesma por este desvario, até porque ele é passado.

Daqui pra frente lembre-se que o marketing do mundo contemporâneo é forte mesmo, capaz de tirar muita gente circunspecta da gaveta diretamente para o shopping mais próximo. O que é fato nisso tudo parte de nós quando sabemos o que queremos, o que facilita tanto a nossa vida pessoal quanto financeira.

Primeiro passo para resistir a compras de impulso não é deixar a carteira em casa: conheço gente que compra para pagar depois (o clássico fiado), portanto de nada adiantou este truque. Algo que funciona mesmo é você saber o que é que te tira do chão. Será o mais novo celular, MP4, ou outra coisa eletrônica? Um perfume, maquiagem, roupa da moda e tudo que se associa ao visual? Há quem não resista a um novo eletrodoméstico, os gourmets adoram novas peças de cozinha, os fãs de pets querem uma casinha mais moderna para seus "filhinhos", enfim... a lista é grande. Defina o que é que pode encantar a ponto de sair dos trilhos.

Sabendo deste detalhe - que é parte da sua personalidade - estipule uma periodicidade para "perder a cabeça". Se uma vez por mês (o bolso é quem define isso, certo?) ou a cada seis meses, permita-se uma indulgência. Entretanto, comece agora a guardar um dinheiro para este luxo, este desvario tão gostoso que você sente falta.

Definido o que, quanto e quando, passamos ao momento de entender quando a vontade está potencializada. Se o afã de gastar acontece em meio a um desequilíbrio (crises de ciúme costumam ser freqüentes causadoras disso) lembre-se que o desejo de consumir não veio pelo objeto ou pela satisfação da coisa, mas como uma forma de diminuir ansiedade e desconforto - e garanto que a compra por impulso não conseguirá resolver o problema, mas sim criar outro: como bancar esta despesa?

Com tudo isso em mente, agora sim você pode deixar os cartões de crédito em casa, assim como o talão de cheques e andar com o necessário - por uma questão de segurança apenas, já que você está menos vulnerável a ceder a impulsos - e se aparecer algo importante e necessário volte em casa, analise se é realmente o momento de adquirir; se sim, esteja confiante na sua atitude. Se não, que bom que você conseguiu refletir antes de agir, poupando seu bolso e seu coração de situações desagradáveis.

À medida que você for se acostumando a analisar suas relações com compras e consumo, ficará mais fácil gerenciar seus gastos. Costumo dizer que uma Ferrari em promoção dificilmente cruzará nossos caminhos, e mesmo que isso aconteça duvido que esteja num preço totalmente dentro da maioria do orçamento dos brasileiros. Entretanto, se este carro fizer parte dos seus desejos, nada irá te impedir de agir com racionalidade para juntar o dinheiro necessário, a infraestrutura necessária (pense no valor do IPVA e do seguro...) e rumar em direção ao seu sonho.

Planejar financeiramente é tudo de bom! O que não vale é deixar que o descontrole do consumo compulsivo assuma as rédeas da sua vida!

O site bolsa de mulher, fez uma pesquisa que constata que mulheres deixaram a tempos de ser consumistas e passaram a ser consumidoras!!!
Se você estiver com tempo, passa lá, olha a matéria e me diz se você se julga consumista ou consumidora...

Não achou o site, ta aqui, aqui, e aqui!!!